Batata Sem Umbigo

17 de maio de 2011

O Amor segundo Foucault


"Pode-se perfeitamente amar sem que o outro ame. É uma questão de solidão. É a razão pela qual, em algum sentido, o amor é sempre cheio de solicitações de um para com o outro. É aí que está sua fraqueza, porque pede sempre algo ao outro, enquanto que, no estado de paixão entre duas ou três pessoas, há algo que permite comunicar intensamente."

(Michel Foucault)

Nenhum comentário:

Postar um comentário