Batata Sem Umbigo

27 de novembro de 2009

O cu tem a ver com as calças!

Estava eu lendo as teses grouxo-marxistas do Bob Black, um cara muito doidão que escreve muito bem e tem idéias muito bem sacadas (o que eu quero dizer com tudo isso, é que eu recomendo o cara), quando me deparei com a seguinte passagem:

"ENTEDIADO DE NOVO? Por que não sacudir sua jaula? Proponho um diálogo dos revoltados, uma conspiração dos iguais, uma política do prazer. O nosso é o poder anômico do pensamento negativo e da risada corrosiva. Os indisciplinados, em meio aos pacientes de hospício, só têm a si próprios e, possivelmente, uns aos outros. Vamos nos reunir. A escolha é sedição ou sedação. Para qualquer número de jogadores."

Depois de chorar de emoção notei o quanto essa passagem me lembra a música "Discurso ou Revolver" do grupo de rap Facção Central.





Interessante como ambos textos, o do Bob e a música da Facção são negadas pelos grupos ditos intelectualizados. É melhor ignorar o primeiro e criminalizar o segundo, quando ambos contribuem muito mais para a reflexão das coisas do cotidiano do que o Jornal Nacional.
Infelizmente, a realidade é muito mais cruel do que as cenas da novela, chocar-se se faz necessário.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. precisamos de mais choque. muito mais.
    não tropa de choque. choque: olhar/pensar em si mesmo e não suportar, seja você ou o mundo.
    fugir depois do choque...? desnecessário, mas recorrente.

    pode ser legal aprender com a desgraça do mundo, a qual é, também, sua responsabilidade ao mesmo tempo em que te compõe.

    ResponderExcluir